Sistema, que já conta com 400 unidades distribuídas em 40 pontos do Plano Piloto, será prorrogado por mais um ano. Propostas devem ser apresentadas até 9 de julho

FERNANDO MARTINS, DA AGÊNCIA BRASÍLIA


Ciclista usa bicicleta compartilhada no Eixo Monumental. Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília
 

Em 5 de agosto, os brasilienses saberão que empresa dará continuidade ao serviço de bicicletas compartilhadas. O contrato, que se encerraria em 5 de maio, foi prorrogado até a data de divulgação do vencedor do chamamento público, lançado em 8 de junho e publicado no Diário Oficial do Distrito Federal. O ganhador deverá manter os mesmos moldes do que já existe: com 400 bicicletas distribuídas em 40 estações, no Plano Piloto.

Quem quiser participar da concorrência tem até 9 de julho para apresentar os documentos exigidos (habilitação, projeto executivo e proposta técnica, em envelopes separados e lacrados). O edital pode ser retirado na Secretaria de Mobilidade (15º andar do anexo do Palácio do Buriti) ou solicitado pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. A instalação do sistema continuará sem custos para o governo de Brasília.

Dados da Secretaria de Mobilidade indicam que em maio foram feitas 25 mil viagens. Segundo a pasta, de maio de 2014 — quando o serviço começou a funcionar — a junho deste ano, fizeram-se 365.708. Em 2015, foram 20 em média, por dia e por estação, volume maior que em Belo Horizonte, Porto Alegre e Salvador, só perdendo para o Rio de Janeiro. Os deslocamentos diários por bicicleta estão concentrados nos dias úteis (70%) e são na maioria de casa para o trabalho ou para a escola.

Em caso de empate, a comissão técnica da secretaria considerará critérios como: bicicleta com menor peso; maior número de marchas, preservando o mecanismo interno; sistema de freios preferencialmente disco, v-brake, ferradura e contrapedal; e o mais rápido cronograma de instalação.

Se todas as amostras forem aprovadas, será escolhida a proponente que comprovar maior tempo de experiência no Brasil na oferta desse tipo de serviço.

O edital estabelece ainda que as candidatas comprovem estar capacitadas para executar a instalação e a operação por meio de estações de autoatendimento computadorizadas e em tempo real.

Segundo a polícia, a plantação tinha toda a irrigação do corte depois o preparo e a embalagem da maconha para que fosse distribuído para vários pontos do país. O homem foi autuado em flagrante.

A Polícia Civil do DF deflagrou na madruga desta quinta-feira (16), uma ação que resultou na prisão do senhor Sérgio, ele foi indiciado por tráfico de drogas na quadra 8, conjunto D, Setor Sul da cidade do Gama, no Distrito Federal. O homem produzia vídeos e os publicava em um canal no Youtube, ensinando adolescentes a cultivar e a convencer os pais a fumar a droga. O criminoso fornecia sementes de maconha para todo o Brasil, e atuava há 6 anos na região.

De acordo com o Delegado Regional e titular da DP do Gama, Francisco, as investigações fazem parte da Operação Mata Atlântica SRD 20ª DP, o que resultou na prisão em flagrante do homem que agora está à disposição da justiça.

Por suspeita de menores envolvidos, o Conselho Tutelar local foi acionado para acompanhar a ação.

Conselheiros tutelares da região: Roberto Mendonça e Wallyson Handson

Pés de maconha apreendidos no Gama. Informações e imagens recebidas pelo whatsapp


Policiais da 20ª DP

Da Redação do Gama Cidadão - 16/06/2016

A ação faz parte da iniciativa "Brinquedoteca Solidária", que teve o apoio de 35 alunos e professores durante o primeiro semestre deste ano

DO JORNAL DE BRASÍLIA - FOTO DIVULGAÇÃO - 10/06/2016 - 11:49:28
 

Na manhã deste sábado (11), crianças com câncer e adolescentes da Casa do Menino Jesus, no Gama Oeste, serão presenteados com uma brinquedoteca montada por alunos e professores do Centro Universitário Estácio Brasília. A ação faz parte da iniciativa “Brinquedoteca Solidária”, que teve o apoio de 35 alunos e professores durante o primeiro semestre deste ano.

Para a montagem da estrutura, com área de 12 metros quadrados, a equipe arrecadou objetos novos e usados fez a restauração e a limpeza dos brinquedos. As crianças irão receber jogos psicomotores e pedagógicos; mobiliário com cortinas, tapetes emborrachados e caixas organizadoras; materiais culturais com instrumentos musicais infantis, fantasias, fantoches, máscaras, filmes e CD infantis; além de materiais de leitura e aparelhos de audiovisual.

De acordo com a organizadora Helen Tatiana dos Santos, professora de pedagogia da faculdade, o aprendizado desperta o olhar sensível dos estudantes para ajudar a comunidade local. “Além da questão pedagógica, a gente procura destacar com os alunos a importância da responsabilidade e do compromisso com a sociedade”, ressalta.

Fundada em 2013 pela Estácio Brasília, a “Brinquedoteca Solidária” já contou com a participação de mais de 200 alunos. Foram entregues, até agora, seis brinquedotecas para instituições carentes da capital federal. A última doação foi feita na semana passada para a Associação Santos Inocentes, de Samambaia, que acolhe grávidas e crianças.

De acordo com a reitora da instituição, Adriana Ápio, o voluntariado permite aprender na prática o que é visto em sala de aula. “É indispensável que os alunos saiam da zona de conforto e se dediquem ao serviço social. Assim, os valores humanos ficam em primeiro plano”, destaca.

Atualmente, a entidade religiosa e filantrópica Casa do Menino Jesus oferece assistência a famílias vindas de outros estados para realizar tratamento em hospitais no Distrito Federal. A casa fica na EQ 14/18 – Área Especial Setor Oeste – Gama – DF

O título é um reconhecimento pelo trabalho e dedicação dos profissionais


Foto: Rogério Lopes
 
Nesta quarta-feira (8), o deputado Delmasso (PTN) entregou Moção de Louvor aos professores e servidores do Centro de Ensino Especial do Gama. O título, concedido pela Câmara Legislativa do DF, reconhece o esforço e a dedicação dos profissionais.
 
Delmasso, que tem uma filha com epilepsia, disse que o trabalho dos professores é essencial para o progresso das crianças e adolescentes. “Essa Moção é um título de reconhecimento, porque vocês devolvem esperança às famílias. Me sinto honrado em estar prestando essa homenagem”, enfatizou o parlamentar.
 
O colégio tem 430 alunos de várias faixas etárias, desde recém-nascidos até 63 anos de idade. O diretor do Centro de Ensino, Adelmo de Jesus, afirmou que a iniciativa do deputado é maravilhosa. “A gente se sente honrado pelo reconhecimento do nosso trabalho. O Centro de Ensino Especial quer acabar com o preconceito que ainda existe em relação às pessoas com deficiência”, relatou.
 
A agente de portaria Mara Silva (57), servidora mais antiga da instituição, se sente privilegiada em fazer parte da equipe. “Comecei a trabalhar aqui em 92, ano em que a escola foi inaugurada. Estou muito feliz em receber a homenagem do deputado Delmasso”, finalizou.

 
 
 
 
Ananda Moura
Assessoria de Comunicação Social do deputado distrital Rodrigo Delmasso

O frio chegou e trouxe com ele o amor e a solidariedade de voluntários do Gama

Neste domingo (5), voluntários realizaram a doação de cobertores às famílias da vila Alagado da Suzana, na cidade do Gama. São cobertores arrecadados pela Fundação Seara Espiritual a Caminho Da Luz.

O objetivo da ação é ajudar famílias em situação de vulnerabilidade social que precisam de cobertores, não apenas no inverno, mas durante o ano todo, de acordo com a presidente da Seara da Luz, Luciana Cristina

O grupo Anjalhaços, projeto que leva palhaços a interagir com crianças e adultos nos hospitais da região, marcou presença e deu o tom da graça com brincadeiras, pintura de rosto e interação com as crianças a fim de que deixem a timidez de lado. Outros parceiros que também fizeram a festa das crianças e adultos, foram a Fabrícia Martins da Kaka Hamburgueria e Turminha do Suco da amiga Rosário que sempre ajudam nas ações sociais.


Criançada do Alagado da Suzana, feliz da vida 


Flávia Maria de Jesus, moradora há 23 anos, com cinco filhos, é uma das primeiras moradoras da vila.

 


Maria do Socorre, moradora da vila há 15 anos, com um sorriso maior do mundo, agradecia a ação. 

Da Redação da Coordenadoria de Comunicação Social da Câmara Legislativa - CLDF, com adaptações.

A Câmara Legislativa realiza nesta segunda-feira (06) audiência pública, a partir das 19h, para discutir a situação crítica da saúde do DF e do Hospital Regional do Gama. A iniciativa do debate é do deputado Wasny de Roure (PT), mas assinam em conjunto os deputados Ricardo Vale e Chico Leite. O evento será no Centro de Ensino Especial do Gama, nas entrequadras 55/56, no Setor Central.

O parlamentar afirma que a situação HRG é caótica por falta de profissionais, medicamentos e da estrutura física deteriorada. Consequentemente, segundo Wasny, quem mais sofre é a população que depende do atendimento nesse hospital. "O Hospital Regional do Gama é uma das unidades que mais recebem críticas da população da rede pública do DF" comentou o distrital. Wasny observa que as denúncias presenciais no HRG aumentaram 233% em dois anos.

O deputado alerta ainda para a carência de especialistas em áreas especificas, como pediatria, e o significativo aumento da demanda por atendimento, que saltou de 3 mil para 6 mil, no ano de 2015. "Muitas vezes, as orientações poderiam ser dadas no hospital, o que não ocorre. Falta transparência, as informações não são tratadas pelos servidores como um bem precioso, e isso dificulta a solução das demandas no tempo correto" argumenta o deputado.

 

 
 

Vindos da Europa, Ásia e América do Sul, eles darão aulas e atividades a crianças e adolescentes de quatro regiões na capital. Os intercambistas se hospedarão em casas de famílias brasilienses, que se são voluntárias para recebê-los

Gabriela Vinhal
Da Redação do Correio Braziliense - 04/06/2016 15:00 / atualizado em 04/06/2016 15:44

Estrutural, Gama, Santa Maria e Varjão. Essas foram as comunidades escolhidas por jovens de mais de 10 países da Europa, Ásia e América do Sul para realizar trabalhos sociais durante um intercâmbio em Brasília. Eles chegam à capital federal este mês com o objetivo de ajudar crianças e adolescentes de organizações não-governamentais do Distrito Federal por meio de aulas e atividades relacionadas à liderança e à transformação, voltadas ao empreendedorismo social. Além disso, eles também auxiliam no que for preciso dentro das ONGs - como trabalhos de marketing, consultoria e projetos operacionais.

Os intercambistas se hospedarão em casas de famílias brasilienses, que serão voluntárias para recebê-los. A dona de casa Carmem Silvia, de 48 anos, abrigou uma peruana por dois meses no ano passado e receberá uma mexicana nos próximos dias. “Eu amei a experiência. É uma troca muito gratificante de cultura e informação. Eu pude desenferrujar meu espanhol e fazer uma grande amiga”, conta Carmem, que até hoje mantém contato com a jovem. 

De acordo com Newton Souza, coordenador da ONG Casa de Paternidade, que recebe há mais de um ano voluntários estrangeiros, a experiência tem sido muito proveitosa: “Eles trazem esperança para os garotos, que não conheciam outro lugar senão Santa Luzia (na Estrutural). Imagina ter contato com alguém da Finlândia? E do Marrocos? É muito enriquecedor”. Newton conta que os intercambistas e os jovens da casa conseguem se entender, muitas vezes sem a ajuda de um tradutor. “Os próprios voluntários têm muita vontade de aprender o português. Quando falam espanhol é mais fácil. O intermediador é necessário quando tem um que fala inglês, quando não pode acontecer um ‘portunhol’”, brinca.

Os dias de trabalho dos voluntários variam de uma a três vezes por semana. Segundo a empresa responsável, os encontros servem para estimular a visão crítica, a perspectiva de oportunidades e a visão empreendedora e global dos garotos dentro das localidades. No final do projeto, os estrangeiros vão planejar e realizar com os alunos projetos que possam impactar de maneira simples e inovadora a região onde vivem.

Hospede um intercambista
Os requisitos para hospedar os jovens estrangeiros são: proporcionar acomodação e necessidades básicas, uma refeição ao dia, vontade de melhorar a sociedade e gostar de fazer novos amigos. O programa é totalmente voluntário, com duração de seis a oito semanas, e é feito um alinhamento de perfis entre o estrangeiro e a pessoa que vai recebê-lo. Para mais informações, basta acessar o site do projeto.

 

Neste sábado dia (4), das 9 às 12h, a Banca de Poetas em parceria com o portal Gama Cidadão realizará uma campanha de troca de livros na frente da Igreja Presbiteriana Renovada no setor Sul. Qualquer pessoa pode participar, basta levar um ou mais livros de literatura nacional ou estrangeira, dos mais diferentes gêneros, voltados a qualquer faixa etária. 

A iniciativa integra a programação da Semana Nacional do Meio Ambiente, em comemoração ao "Dia Mundial do Meio Ambiente". 

Além do incentivo à prática e valorização da leitura, a ideia é oferecer ao público a oportunidade de renovar sua biblioteca pessoal sem nenhum custo, através de uma prática colaborativa, sem geração de resíduos. 

 

Leia mais: Café comunitário: a transformação por meio das palavras

 

Amadurecimento politico na cidade.


Foto (Da esquerda para a Direita): Higor Alves, Dra. Julia, Marcio Carneiro, Joana Darc e o Sr. Juarez Carneiro

Em fim um sonho alcançado, todos juntos por um ideal. O Fórum Comunitário e de Entidades do Gama, elegeu sua nova Mesa Mediadora de Trabalhos, em uma demonstração de civilidade e democracia na passagem de comando, no ultimo sábado (28) de meio 2016. Ao contrario das eleições costumeiras, em que o clima partidário impera, essa eleição fluiu de modo surpreendente.  Ao todo, havia 128 presentes na Plenária, em pleno sábado, surpreendeu até os mais otimistas. As mulheres, por exemplo, tiveram lugar garantido, frente aos cavalheiros por causa de uma decisão unanime em que os homens defenderam que as damas deveriam ter o mesmo espaço que os homens. Assim as candidatas em condições de igualdade não tiveram trabalho para se elegerem. E não ficou só por aí, os concorrentes masculinos também tiveram comportamento exemplar. Sem bate boca, os concorrentes se enfrentaram em uma votação equilibrada. Quase todas as representações politicas da cidade estavam presentes. Além da prerrogativa de ter o mesmo número de candidatas de que os homens, outra gentileza concedida a elas, foi que, elas votassem primeiro, outra conquista do gênero.

No final, vencedores e vencidos foram para a residência da Dra. Julia, a candidata mais bem votada, juntamente com a representante da Rede Sustentabilidade do Gama, Joana Darc Woiciechoski, que ficou com o segundo lugar, seguida pelo jovem estudante de direito Higor Alves, em terceiro, e o Sr. Juarez Carneiro, em quarto, para comemorar a conquista que é de todos. O membro da Mesa Mediadora de Trabalhos, reconduzido Marcio Carneiro, encerrou a plenária com agradecimento e lembrando que tais pessoas passam a representar o FComGama pelos próximos 160 dias.

A Mesa Mediadora de Trabalhos do FComGama pronta para interceder junto ao poder publico em defesa dos direitos de todos. E pelo visto, a saúde é e será, o primeiro pleito do colegiado.  


Membros da Mesa Mediadora atual, Valdeci Caciano e Valeria Leite, fiscalizava os eleitores.


Candidatos ao pleito, com a exceção do Flávio Pinheiro, que estava fazendo boca de urna.


Na fila para votação, o chacareiro e ambientalista, Raimundo, de boné amarelo, veio da área rual


Contagem dos votos, Eder Alves, Marcio Carneiro e Aninha do Conselho Tutelar da cidade 

Galeria de fotos. Clique aqui! 

Da Redação do portal Gama Cidadão

Ruth Figueredo Ribeiro tem depressão e sumiu de casa no domingo (22/5) à noite. Filho faz apelo para que população ajude a encontrá-la

Da Redação do portal Metrópoles - 23/05 15:39 , ATUALIZADO EM 24/05 6:06

Desde à noite do domingo (22/5), a família Ribeiro,que mora no Gama, procura pela dona de casa Ruth Figueredo Ribeiro. Ela saiu de casa e não foi mais vista, preocupando a todos. Segundo o filho Glauco Ribeiro, ele já ligou para todos os amigos e parentes da mulher e ninguém tem notícias.

“Nós estamos muito preocupados. Minha mãe está depressiva e temos medo”, disse Glauco. “A gente pede que a população nos ajude a encontrá-la. Minha mãe tem só 58 anos e desde que desapareceu eu não paro de procurar. Não queremos que nada aconteça a ela”, completou.

A última vez que Ruth foi vista estava com um vestido marrom. Ela tem 1,53m de altura e cabelos castanhos escuros. Desesperada, a família pede para que quem tenha qualquer informação sobre a dona de casa ligue no telefone (61) 8437-7785. A última informação que os parentes receberam foi que a mulher estava na saída do Gama.

Ocupação da Funarte, o MinC e #ForaTemer:  a resistência Cultural pela democracia e pela cultura brasileira

Artistas, produtores culturais, atores, cineastas, fotógrafos, performistas, dançarinos, artesãos, estudantes e comunidade contrários à extinção do Ministério da Cultura (MinC) ocupam desde a quinta-feira (19), as salas Funarte Brasília, em paralelo a outras 18 ocupações em diversas capitais do País, como Natal, Cuiabá, Belém, São Luís, Belo Horizonte, Aracaju, São Paulo, Rio de Janeiro, João Pessoa, Fortaleza, Salvador, Curitiba, Macapá, Maceió, Florianópolis, Porto Alegre e Recife.

A mobilização foi iniciada contra a decisão do presidente interino, Michel Temer, de transferir as atribuições do MinC para a pasta da Educação, a qual passaria a ser Ministério da Educação e Cultura (MEC). Há a preocupação com o que vai acontecer com as políticas públicas do MinC e os cortes previstos, o que causaria extremo impacto e déficits à estrutura e necessidades da Cultura no País. Entretanto, esta não é a única pauta da Ocupação, que tem caráter de pressão sobre o governo interino, por sua composição ministerial com indicações de envolvidos na lava-jato e outros crimes, e também as articulações envolvendo grandes bancos, a FIESP, a MP, a PF e setores do judiciário que resultaram no processo de afastamento da presidenta Dilma Rousseff, contra a qual não se reconhece nenhum crime. 

Foto: Mídia NINJA

Após o interino Temer voltar atrás e reabrir o MinC, a direção da ocupação deixa claro que a repercussão negativa da decisão de incorporar o MinC à Educação é apenas uma das pautas dos ocupantes, sendo a principal delas o não reconhecimento da legitimidade de um governo que chegou ao poder de maneira que fere a unidade democrática do País e sua Constituição, ameaça destruir projetos e conquistas de décadas de luta democrática e, portanto, a ocupação continuará por tempo indeterminado.

Segundo o ator e diretor Teatral José Regino, “o movimento de ocupação não está ligado apenas à extinção do Minc, mas foi iniciado para colocar Brasília dentro do mapa das ocupações em todo o Brasil, e mostrar que não há possibilidade de diálogo com o governo interino. O que move o movimento é “ForaTemer”, porque não há como dialogar com um governo que não é legítimo e que não reconhecemos. A partir do momento que que os artistas ou o povo dialogarem com esse governo alguma questão, estaremos dando autoridade a ele, mas este não é um governo legítimo. Continuaremos a ocupação até o Temer cair.”

Foto: Mídia NINJA

A ocupação tem pautas delimitadas e organizadas, e todos os dias há diversas programações culturais para adultos e crianças (das 8h às 00h), com oficinas, teatro, circo, vídeo, dança, apresentações musicais, contação de histórias, artes circenses entre outras. É um movimento pacífico, com arte, com alegria e a energia de jovens, crianças e pessoas de todas as idades dividindo os espaços numa grande festa.  As apresentações e oficinas são gratuitas e livres. Nas palavras dos próprios organizadores: “O espaço público é (está) para ser ocupado! É pela democracia, é pelos nossos direitos.”  

 Comissão de ocupação Funarte. Foto: Mídia NINJA.

Todas as mobilizações envolvem o compromisso de artistas e jovens numa festa permanente aberta à comunidade e já ganharam apoio dos principais nomes da classe artística e musical. Uma parte da programação:

TERÇA #‎OMincÉNosso:


— 20h30 - Pesquisa Acrobática —21h - Daniel Lacourt e Maíra Movis

— 21h30 - Renato Matos —22h - Banda Jenipapo


QUARTA #ForaTemer:


— 20h30 - Jongo do Cerrado —22h - Roda de Samba
— 23h - Wilson Bebel - Coletivo "Do Quadrado"


QUINTA #‎CulturaPelaDemocracia:


— 19h30 - Olímpia ou Sujadevez - Ópera de Jorge Antunes
— 22h - Eduardo Rangel, Maestro Joaquim França e Big Band
— 00h - Sarau Feminino - Coletivo Namoradas


SEXTA #‎OcupaMinc:


—20h - Amassa —21h30 - Festivais Cantos e Contos
—22h30 - Criolina - Ops + Pezão + Barata

A programação completa dos eventos pode ser acompanhada pela página do evento no Facebook:  https://www.facebook.com/Ocupa-MinC-DF-

Foto: Mídia NINJA.

Por Carolina Vieira
Da Redação do portal Gama Ciadão 


Apresentada proposta de pista no Parque da Cidade

A reforma e a construção de pistas adequadas à prática do skate foram discutidas em audiência pública na tarde desta sexta-feira (20) no auditório da Casa. "O skate é um esporte de ocupação dos espaços urbanos e deve receber atenção do poder público; este é um dos resultados deste debate entre federação, praticantes e representantes do governo", disse o deputado Prof. Israel (PV), mediador do encontro.

Para Israel, a imensidão dos espaços públicos do DF é um convite à prática do skate. "O skate é um esporte urbano e também um espaço de resistência", declarou, ao rechaçar o "discurso moralista que associa os skatistas aos marginais". Foi por causa deste moralismo, segundo ele, que a pista da Praça do DI, em Taguatinga, foi fechada. O parlamentar anunciou a destinação de R$ 120 mil, via emenda parlamentar, para a reconstrução daquela pista.

O presidente da Federação de Skate do DF, Warleiton Souza, conhecido com Leitão, apresentou vídeo mostrando o abandono e as precárias condições das pistas de skate do DF, bem como pistas de referência, localizadas em cidades do Ceará e em outros estados, como a de São Bernardo do Campo (SP) e a do Parque Madureira (RJ).  Leitão salientou a necessidade, no DF, de reforma nos equipamentos públicos e a implantação de novas pistas sob a supervisão da federação para que não mais se construam pistas "tecnicamente inviáveis para a prática do esporte, como a de Taquari, exemplo do que não deve ser feito", destacou. Ele apresentou ainda o projeto ‘Brasília Skate Plaza', uma proposta de construção de pistas no Parque da Cidade para "gerar oportunidade para a nova geração de skatistas do DF".

O skate é o segundo esporte mais praticado no País e também o que mais cresce, de acordo com a atleta Taís Ferreira. A subsecretária da Juventude da Secretaria da Criança, Aline Bezerra, salientou a importância do esporte e reforçou a parceria entre a Secretaria e a federação, assim como o compromisso de contribuir com os campeonatos locais. O assessor da Secretaria de Esporte e Lazer, Humberto Moraes, defendeu a retomada de um grupo de trabalho entre as secretarias, a federação e os praticantes.

Ao término dos trabalhos de hoje foi marcada uma reunião para avaliar os projetos de pistas de skate anunciados pelo representante da Novacap, Leonardo Inojosa. Deverão participar do encontro os participantes da audiência.

 
Fonte: Franci Moraes - Coordenadoria de Comunicação Social - CLDF

O novo secretário afirmou ainda que a Lei Rouanet não pode ser demonizada

BLOG DO RIELLA - 19/05/2016 - 08:57:31

Enquanto se discute a recriação do Ministério da Cultura, ontem foi empossado o secretário nacional de Cultura, o diplomata de carreira Marcelo Calero, que passa a ser subordinado ao Ministério da Educação.

Na verdade, surgiram notícias de que o presidente do Senado, Renan Calheiros, poderia aprovar no Senado a volta do Ministério da Cultura, mas por enquanto o que existe é esta secretaria.

Marcelo Calero, ao tomar posse, defendeu o diálogo para lidar com as críticas que o governo tem recebido pela fusão dos ministérios da Cultura e da Educação. O novo secretário afirmou ainda que a Lei Rouanet não pode ser demonizada.

O secretário de Cultura prometeu abrir um “diálogo franco” para aprimorar a gestão da cultura no país. Ele elogiou as manifestações de artistas como “sinal vivo” da democracia e disse que a melhor maneira de responder às críticas é mostrando resultados.