Eles receberão credencial com acesso ao evento e barraca individual. Prazo para se candidatar vai até 2 de maio. Estudante de publicidade, Lisa Rodrigues já se inscreveu

A Campus Party Brasília selecionará 45 voluntários para atuar no evento de 14 a 18 de junho, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. As inscrições estão abertas on-line e vão até 2 de maio. Os escolhidos atuarão por seis horas diárias na área de organização.

Antenada em áreas abordadas na Campus Party, como inovação e tecnologia, Lisa Caroline Rodrigues, de 21 anos, já se candidatou como voluntária.

É preciso ter mais de 18 anos e formação nas áreas de interesse. O voluntariado ofertado é em dois setores: Comunicação e Conteúdos. No primeiro, é importante estudar ou ter formação técnica ou universitária na área, pois o aprendizado será focado em assessoria de imprensa, redes sociais e fotografia.

Já os interessados por Conteúdos também podem ter atuação em áreas temáticas da Campus Party, como empreendedorismo, ciências, inovação, entretenimento e criatividade.

Voluntários receberão credencial e certificado
Todos os voluntários receberão credencial — com acesso ao evento mesmo fora do horário de atuação — e direito à área de camping em barraca individual. Além disso, ganharão auxílio-alimentação durante o turno do voluntariado, camiseta e certificado de participação como voluntário. O resultado da seleção será divulgado em 5 de maio no site.

Antenada em áreas abordadas na Campus Party, como inovação e tecnologia, Lisa Caroline Rodrigues, de 21 anos, já se candidatou como voluntária. Estudante do oitavo semestre de publicidade e propaganda do Centro Universitário Estácio, ela participou do evento na edição de Recife em 2014 e quer saber mais sobre os bastidores.

“Quero aprender mais sobre o evento, saber o que há por trás das palestras, dos workshops. [Se for selecionada,] sei que vou tirar boas experiências e conhecimento do voluntariado”, avalia. Para ela, é uma oportunidade de aliar trabalho na área com conteúdo em que tem interesse.

Segundo a organização da Campus Party Brasília, até terça-feira (18), 209 pessoas se inscreveram para serem voluntárias. Dessas, 90% são do Distrito Federal. As demais candidaturas vieram dos estados da Bahia, do Espírito Santo, de Minas Gerais e de São Paulo. Custos de deslocamento para Brasília ficam a cargo do próprio voluntário.

As dicas dos organizadores para quem quer se voluntariar é ter paixão pelo evento e interesse em aprender como é a organização da Campus Party. Além disso, é uma chance de ampliar a rede de contatos, tanto com outros campuseiros quanto com os palestrantes.

É com foco nisso que a estudante do terceiro semestre de engenharia de redes da Universidade de Brasília Isabela Lobato, de 19 anos, quer ser voluntária. “Eu me surpreendi e me identifiquei com a ideia ao participar da última edição em São Paulo”, conta.

Diretora de marketing da empresa júnior do curso, a EngNet Consultoria, ela tem interesse especial pela área de empreendedorismo: “Foi por meio da empresa júnior que soube de uma seleção e participei de um intercâmbio de inovação e empreendedorismo em São Paulo, Rio de Janeiro e Florianópolis”, conta. Durante a viagem, ela teve a oportunidade de participar da Campus.

Em 11 de junho, os voluntários passarão por treinamento presencial no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. A participação é obrigatória, e quem não for será eliminado.

Últimos dias de venda de ingressos do primeiro lote da Campus Party Brasília
Até 30 de abril, estão disponíveis ingressos do primeiro lote para a edição de Brasília. Em 1º de maio, começa a venda do segundo lote.

Esta é a primeira vez que a cidade sedia o encontro, e a venda superou as expectativas nos primeiros dias. A ideia de trazer o evento, do qual o governo de Brasília é um dos organizadores, é fortalecer o ambiente de inovação e tecnologia local. No ano passado, a capital do País já recebeu uma Campus Day.

A experiência da Campus Party surgiu em 1997 na Espanha. Desde então, já percorreu países como Alemanha, Colômbia, Equador, El Salvador, Inglaterra e México. Chegou ao Brasil em 2008 e já teve edições em São Paulo (SP), no Recife (PE) e em Belo Horizonte (MG).

Para 2017, além de Brasília, estão previstos eventos em Salvador (BA), em agosto, e em Pato Branco (PR), em outubro.

Inscrições para voluntários da Campus Party Brasília
Até 2 de maio no site oficial
Resultado em 5 de maio
Campus Party Brasília
De 14 a 18 de junho
No Centro de Convenções Ulysses Guimarães
Ingressos pelo site oficial

Por Agência Brasília Foto: Reprodução/Divulgação/Tony Winston/Agência Brasília - 20/04/2017 - 15:37:07


Campeão do Mundo em 2002, bi-campeão da Copa das Confederações (2005 e 2009) e Superclássico das Américas em 2014, defendendo a Seleção Brasileira. Pelo São Paulo, clube que o revelou no cenário nacional, venceu um Torneio Rio-São Paulo, em 2001. Na Europa, uma Champions League e o Mundial de Clubes pelo Milan e o Campeonato Espanhol, duas vezes, pelo Real Madrid. Foi além. Em 2007, foi eleito o melhor jogador do mundo. Em 35 anos de vida, mais da metade dentro do futebol, Ricardo Izecson dos Santos Leite, o Kaká, foi mais que um multicampeão, um ídolo identificado com a Amarelinha.

Nascido em Gama, no Distrito Federal, Kaká foi criado em São Paulo, onde começou a carreira no futebol. No São Paulo, jogou nas categorias de base e estreou pelo profissional em 2001. O primeiro jogo foi diante do Botafogo, no Morumbi, e a primeira vez que balançou as redes foi na segunda partida, quando o tricolor venceu o Santos por 4 a 2.

Em 2003,chegou ao Milan, onde fez uma campanha merecedora do prêmio de melhor jogador do Mundo, em 2007. De 2009 a 2013 defendeu o Real Madrid, mas voltou ao Milan para mais uma temporada. Em 2014, assinou com o Orlando City e, no mesmo ano, foi emprestado para o São Paulo. Atualmente, é a estrela maior da equipe americana.

Kaká também se destacou fora dos gramados. Em 2004, tornou-se o mais novo embaixador da Organização das Nações Unidas para o Programa Alimentar Mundial. Foi considerado pela Revista Época um dos 100 brasileiros mais influentes do ano de 2009.

A Confederação Brasileira de Futebol parabeniza Kaká e agradece por ter defendido de forma brilhante a Seleção, assim como a representatividade que tem para o futebol mundial. Parabéns, Kaká!

Confira a ficha técnica:

Nome: Ricardo Izecson dos Santos LeiteData de nascimento: 22/04/1982Natural de: Gama, Distrito Federal (DF)Posição: meiaTítulos: Seleção Brasileira: Copa do Mundo FIFA (2002), Copa das Confederações (2005 e 2009) e Superclássico das Américas (2014); São Paulo: Torneio Rio-São Paulo (2001); Milan: Serie A (2003 e 2004), Supercoppa Italiana (2004), UEFA Champions League (2006 e 2007), UEFA Super Cup (2003 e 2007), Copa do Mundo de Clubes da FIFA (2007), Supercopa da Itália (2004), Trofeo Luigi Berlusconi (2005, 2006, 2007 e 2008); Real Madrid: Copa del Rey (2010 e 2011), Campeonato Espanhol (2011 e 2012), Troféu Santiago Bernabéu (2009, 2011, 2012 e 2013), Supercopa da Espanha (2012), Troféu Teresa Herrera (2013).Prêmios individuais: Ballon d’Or: 2007; Onze d’Or: 2007; Melhor jogador do mundo pela World Soccer: 2007; Melhor jogador do mundo pela FIFPro: 2007; FIFPro World XI: 2006, 2007, e 2009; Seleção da FIFA: 2006, 2007, 2008 e 2009; Melhor jogador do mundo pela FIFA: 2007; Bola de Ouro da Copa das Confederações da FIFA: 2009; Time Ideal da Copa das Confederações: 2009. Bola de Ouro da Copa do Mundo de Clubes da FIFA: 2007; Melhor jogador da final da Copa do Mundo de Clubes da FIFA: 2007; Melhor construtor de jogo do Mundo da IFFHS: 2007. Jogador com mais assistências na Copa do Mundo da FIFA de 2010; Melhor Atacante da UEFA: 2007; Jogador do Ano pela UEFA: 2007; Melhor Meia da UEFA: 2005; Seleção da UEFA: 2006, 2007 e 2009; Time ideal da Europa (L’Équipe): 2005 e 2007; Time Ideal da América (El País): 2002; Jogador com mais assistências na Champions League: 2011 e 2012. Troféu Samba de Ouro: 2008; Oscar del Calcio Melhor jogador estrangeiro: 2004, 2006 e 2007; Oscar del Calcio Melhor jogador: 2004 e 2007; Bola de Prata Italiana: 2007; Bola de Ouro da Revista Placar: 2002; Bola de Prata da Revista Placar: 2002; Esportista Latino do Ano pela IAAF: 2007; Time Ideal da Copa Ouro CONCACAF: 2003.Artilharias: UEFA Champions League: 2006-07 (10 gols).Clubes: São Paulo (1999 a 2003 e 2014), Milan (2003 a 2009 e 2013 a 2014), Real Madri (2009 a 2013) e Orlando City (2014). Seleção Brasileira (2002) e Seleção Brasileira Sub-20 (2001 e 2002).

Fonte: Cenário MT - 22/04/2017 ÀS 08:15

O Rotary Club do Gama e a Casa da Amizade homenagearam no último dia 7, Sexta-feira, com o troféu Ariomar da Luz Nogueira, algumas personalidades que se destacaram em seus ramos de atuação na melhoria do bem estar da comunidade. A solenidade aconteceu na Quadra 25 do Setor Leste, às 20h.

O Mérito Profissional deste ano foi uma homenagem ao arquiteto, urbanista e artista plástico, Ariomar da Luz Nogueira. O troféu é a réplica de uma de suas artes, na forma de um periquito, conhecida nacionalmente e no exterior pela sua beleza e originalidade.

Ariomar idealizou esta arte com o objetivo de homenagear a Sociedade Esportiva do Gama quando foi campeã da segunda divisão em 1998, onde o símbolo de um periquito era um mascote. Tornando-se depois símbolo da agremiação esportiva e também da cidade. A escultura do pássaro verde erguida em tamanho gigante, ainda deu o nome ao entroncamento da DF-480 com a DF-001, batizado como “Balão do Periquito”.

Professor e gestor escolar, Arquiariano Bites Leão – Empresário Antônio Carlos de Souza Araújo – Enfermeira e auditora, Ana Cristina Martins Hanne Ferreira – Agente de correios, Antônio da Silva Pereira – 3º Sargento da PM, Célio Nicázio França – Jogador de futebol profissional, Demerval Almeida Lima – In memoriam da professora da rede pública de ensino do Gama, Leila Aguiar de Sousa – Agente de gestão de resíduos sólidos, Francisco Alves Morais – Agente social, Maria José Pereira Resende – Agente de vigilância ambiental, Marinete Pereira de Sousa – Agente de Trânsito, Moisés Ferreira Dias e finalmente, a técnica de política pública e gestão governamental, Solange Afonso de Freitas.

Além dos homenageados, convidados e dos representantes das entidades presentes, destacamos a presença da Administradora da cidade, professora Maria Antônia e do deputado distrital Raimundo Ribeiro.

Um pouco sobre o arquiteto Ariomar:

Ariomar da Luz Nogueira, nasceu em Babaçulandia/TO em veio para o DF em 1963, Inriquieto por natureza, não se contenta em aceitar o espaço do jeito que ele está, ele quer ir além e emprestar seu poder de transformação ao local onde habita, assim, sua residência, seu ateliê, seu bairro e a cidade que adotou como sua tem sua poesia em forma de monumentos.

Com a conquista do título da Série "B" pela Sociedade Esportiva do Gama em 1998, o artista foi convidado para homenagear aquele feito, o Periquito é a obra mais famosa de sua autoria e está em um lugar de destaque, no balão da entrada da cidade, que após a construção passou a se chamar Balão do Periquito.

Uma das suas grandes decepções como arquiteto foi ter sido convidado para fazer o projeto de reformulação do Estádio Bezerrão e depois de entregar todo o material ser surpreendido pela escolha de trabalho que acabou saindo muito mais oneroso e sem aproveitar da melhor forma os espaços existentes.

Ele lançou o livro Traços e Pinceladas que conta toda sua trajetória de vida e de suas obras, personagens do Gama e do Brasil que fizeram parte da sua vida, representados por caricaturas. Ariomar Nogueira foi uma das mentes mais pensantes da cidade e colocou seu dom em prol da comunidade gamense.

Da Redação Gama Cidadão com adaptações - 13/04/2017

Fonte e fotos do Jornal O Democrata. 




Ariomar morreu dia 29/11/2016, aos 69 anos de idade.

 

Escolhida na tarde desta sexta (7), Paula Jéssica Rodrigues vai representar o Recanto das Emas na final, em 20 de maio 

O núcleo do Serviço de Limpeza Urbana (SLU) do Recanto das Emas teve uma tarde diferente nesta sexta-feira (7). Logo na entrada, a movimentação de garis era percebida. No entanto, quatro chamavam a atenção.

Com batom, sombra e cabelos a postos, aguardavam o início da seletiva que escolheria as representantes do Recanto das Emas e do Riacho Fundo II na edição deste ano do concurso Miss Gari. Entre elas estava Paula Jéssica Gomes Rodrigues, de 28 anos, que até então não havia participado de concursos desse tipo.

“Estou me sentindo uma princesa. Já fui muito discriminada, principalmente para procurar emprego. Várias portas se fecharam para mim porque falaram que eu não tinha beleza nem roupas bonitas”, disse a trabalhadora, ao destacar que gosta do que faz e da profissão que tem.

Enquanto as candidatas posavam para fotos, o júri formado pelos colegas de trabalho chegava para o momento da escolha. “Mesmo se não ganhar, eu já sou realizada”, completou Paula Jéssica.

A final do concurso, em 20 de maio, será a partir das 19h30, no auditório do Centro Cultural do Taguaparque

Mas não foi o que ocorreu minutos depois, na seletiva. Com os votos representados por palmas, os colegas a escolheram para representar o Recanto das Emas na final, em 20 de maio.

Das oito concorrentes inscritas, quatro desistiram de participar. Não foi o caso de Edinalva Gomes Silva, de 35 anos. Também estreante nesse tipo de competição, ela foi eleita pelos colegas a representante do Riacho Fundo II na disputa. “Uma emoção muito grande. Era só uma brincadeira e se tornou realidade”, disse, sorridente.

Seletivas para o Miss Gari começaram em março

As seletivas regionais ocorrem desde 31 de março. Na próxima semana, haverá quatro semifinais: na segunda-feira (10), em Santa Maria; na terça (11), no Gama; na quarta (12), em Taguatinga; e na quinta (13), em Ceilândia.

Em Samambaia, a escolha foi ontem (6). A vencedora, Maria Eduarda Cezário de Barros, de 18 anos, esteve no Recanto das Emas hoje para prestigiar o evento. Estava acompanhada da mãe, a também gari Fernanda Cezário, de 38 anos.

Maria Eduarda, que está no primeiro emprego, vê no concurso uma oportunidade de valorização da mulher e de incentivo para a vida. “Não é um serviço leve, mas tenho orgulho de mim e do que eu faço”, disse ela, que sonha prosseguir com os estudos e formar-se em medicina.

A final do concurso, em 20 de maio, será a partir das 19h30, no auditório do Centro Cultural do Taguaparque.

DF promove Miss Gari desde 2015

A primeira edição do Miss Gari ocorreu em 2015. A ideia veio de Maria de Fátima Dias, de 48 anos, fiscal operacional da empresa Valor Ambiental, e a cada ano conta com um número maior de participantes. Desta vez, a expectativa é levar à final 30 concorrentes.

“Em todas as oportunidades que surgem, procuramos dar visibilidade aos garis para que possam ter reconhecimento profissional, além de um entretenimento”Kátia Campos, diretora-presidente do SLU

“Elas não sabem só limpar, elas também sabem desfilar. Atrás desse uniforme alaranjado, tem a beleza”, disse Maria de Fátima, ao destacar a valorização da mulher e da profissão de gari.

O pensamento é o mesmo da diretora-presidente do SLU, Kátia Campos: “Em todas as oportunidades que surgem, procuramos dar visibilidade aos garis para que possam ter reconhecimento profissional, além de um entretenimento”.

O Miss Gari 2017 é uma parceria da Vice-Governadoria do DF com o SLU e as empresas Valor Ambiental e Sustentare. Parceiros privados apoiam na organização do evento e nas premiações (ainda em definição).

Da Redação da Agência Brasília 

 

Vicente Vecci

Essa era a antiga denominação da região da Palestina, para fins de governo do antigo império romano que lá chegou 63 anos antes da era cristã. Mas o termo atual, originou-se do nome que os gregos davam a uma região justa-linear ao Mediterrâneo, estendendo-se desse mar até o território oriental da Síria, do Líbano atual até às proximidades do Mar Vermelho. É considerado um dos lugares do planeta mais remotamente habitados pelo homem. Há estimativas de 90 séculos de ocupação contínua, segundo pesquisas pela idade radiométrica de achados arqueológicos. Desde quando começou a civilizar-se, sempre foi um local de conflitos, permanecendo até os dias atuais com atividades terroristas e bélicas do estado islâmico, palestinos e judeus e a  guerra civil na Síria entre rebeldes e tropas do ditador Bashar Al Assad apoiadas pela Rússia, Irã, China, integrando uma irmandade maligna, causadora de genocídios  e a morte de aproximadamente 400 mil pessoas. O mais recente aconteceu no Noroeste desse país, aonde fortes evidencias apontam utilização de armas químicas, vitimando em grande escala crianças. Países ocidentais condenaram esse crime de lesa humanidade e de extrema crueldade.

Os conflitos antigos eram entrem  reis provinciais, alguns de origem grega  remanescentes do império macedônico, deixado por Alexandre. Era também uma região rica e possuía terras férteis para as atividades agrícolas nas diversas províncias como a Iduméia, Peréia, Samária, Judéia, Decápolis, Feníca (hoje Líbano), Batanéia, Gálianítide, e Galiléia. Essa última citada, na era cristã tinha como capital Sefóris, próspera cidade, transformada num centro administrativo pelos romanos. Foi governada por Herodes Antipas, preposto da Roma Antiga. Foi lá que nasceu o Precursor do cristianismo Jesus, nome de origem grega, oriundo do aramaico Yeshua. Segundo o Novo Testamento e fontes históricas, Jesus era filho de Maria. E sua família morava em Nazareth, a dois quilômetros do Lago Tiberíades que antes desse nome romano, os hebreus chamavam-o de Mar da Galiléia ou lago Genezarete. Geograficamente é um segmento do rio Jordão que forma o lago e depois continua até desaguar no Mar Morto. A curta vida de Jesus passou-se em grande parte nas margens desse lago de água doce com 10 km de largura e 20 km de comprimento, nessa época, margeado de vários núcleos habitacionais e povoações históricas. Três de seus apóstolos foram recrutados entre os pescadores desse lago, respectivamente Pedro, André e João. Daí a importância da irradiação espiritual positiva proveniente dessa região que, sem os recursos que a mídia globalizada tem hoje, atravessou fronteiras distantes, quebrou tabus, credos e mitos e contribuiu para a humanização do planeta. A celebração natalina é uma das consequências dessa fonte.

Contudo existe um paradoxo: o teor principal da mensagem vindo de lá, que é amar o próximo como a ti mesmo, não tem sido praticado em grande escala nessa região desde a época dessa irradiação até os tempos atuais. Lá os conflitos com mortes são permanentes e distantes de soluções.  E aí então é que fica uma indagação: se na região que nasceu Aquele que melhor incorporou e personificou o Cristo Universal e originou-se o cristianismo, não se consegue praticar prioritariamente a Sua mensagem, imagina-se como deve estar a vida noutros cantos do planeta. Basta lembrar dos países pobres da África onde o radicalismo islâmico chacina inocentes e as que ocorreram na Europa como aconteceu na Bósnia, onde as causas foram motivadas pelas imposições de etnias e/ou ambições materiais e políticas. Refletindo, tudo isso tem como pai o egoísmo que deixa marginalizado os ensinamentos vindo há vinte séculos da antiga Aélia Capitolina, cuja máxima nos ensina que, independente de raças, cor,  línguas e fronteiras, somos todos irmãos.

Infelizmente, segundo a filosofia cósmica, o príncipe desse mundo (ego) reina em muitas regiões, e, até mesmo dentro de nosso lar. E, é preciso de muita luz para eclodir seu império. Luz essa que é procedente do Ente Supremo, e para recebê-la, basta abrirmos voluntariamente um portal em nosso Sistema Nervoso Central. Deve-se então, depois, direcioná-la para fora, e, a chave para essa operação bélica espiritual nos foi dada pelo  Nazareno Yeshua.

Vicente Vecci edita em Brasília-DF há 33 anos o  Jornal do Síndico ( www.jornaldosindicobsb.com.Br   e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. )

Razão é a grande demanda somada à falta de profissionais. Demais unidades da rede farão o atendimento


 
A contratação de 22 profissionais temporários permitiu a reabertura do pronto-atendimento infantil do Hospital Regional do Gama. No entanto, o agravamento de problemas sazonais de saúde e a grande demanda vinda da região do entorno levou o hospital a operar nas últimas semanas com uma demanda que mais que dobrou com relação ao que era inicialmente previsto. De uma previsão inicial de cerca de dois mil atendimentos, no último mês a emergência do Gama atendeu 4.860 crianças.
 
Por exigência do Ministério Público, a contratação temporária foi feita pelo valor do piso de contratação de médicos pela rede pública. Assim, a baixa atratividade dos salários somada à grande quantidade de trabalho fez com que, dos 22 profissionais temporários contratados, nove pedissem exoneração apenas na primeira semana após a reabertura. Outros cinco saíram também na última semana. A isso se soma a baixa oferta de médicos pediatras de um modo geral, um problema que afeta não apenas o Distrito Federal. Diante do quadro, a Secretaria de Saúde viu-se obrigada a restringir, a partir desta quarta-feira (12) o pronto-atendimento infantil no Gama por tempo indeterminado. Os demais hospitais da rede estarão prontos para atender aos casos urgentes e emergentes que vinham sendo encaminhados para lá.
 
Os pacientes menos graves devem procurar a atenção primária, nos centros de saúde e clínicas de família da região onde moram. Para urgência e emergência,os atendimentos serão feitos no Hospital Regional da Asa Norte, Brazlândia, Ceilândia, Hospital Materno-Infantil de Brasília (HMIB), Guará, Paranoá, Planaltina, Sobradinho e Taguatinga.
 
SOLUÇÃO – A Secretaria de Saúde busca alternativas para solucionar o problema e reabrir o pronto-atendimento infantil do Hospital Regional do Gama o mais rápido possível. Nesta quarta-feira (12,) será realizada uma reunião entre a pasta e 11 pediatras da Região Sul que não aderiram à conversão do modelo de atenção para Estratégia Saúde da Família, para que eles possam reforçar o atendimento no hospital.
 
DEMANDA – A falta de profissionais, problema enfrentado nacionalmente, e o aumento da demanda não afetaram apenas o Gama. De janeiro para março deste ano, o número de atendimentos de pediatria praticamente dobrou na rede de saúde do DF, passando de 26.017 para 46.775.