Gama Cidadão | O Seu Portal de Notícias e Cidadania

Sex01202017

Last updateSeg, 09 Jan 2017 9am

Portuguese Arabic English French German Japanese Spanish

Reuniões focadas em melhorias para o Gama

Desde o início de maio estão ocorrendo reuniões sobre o Orçamento Participativo. O foco principal é unir a população com o governo em busca de melhorias ao bairro No decorrer deste mês estão ocorrendo no Gama, reuniões sobre o Orçamento Participativo. Elas têm como objetivo principal integrar a população com o governo, fazendo com que os cidadãos participem de maneira ativa nas decisões sobre os orçamentos públicos. Esses processos contam com Plenárias de Base, Fóruns de Delegados para a escolha de prioridades e um Conselho para a relação direta com o governo. No Orçamento Participativo forma-se um processo de empoderamento do participante nos destinos do orçamento público. No dia 19 de maio, a plenária do Orçamento Participativo ocorreu no DVO. O evento foi no Centro de Ensino Fundamental Gesner Teixeira, com o propósito de eleger os delegados e pontuar as principais necessidades da região. Mais de 140 pessoas participaram ativamente da reunião que contou com a presença do Administrador do Gama, Adauto Rodrigues, e do representante da Coordenadoria de Cidades, Giovane Batista. Na reunião foi apresentado o modelo de gestão popular onde o povo delibera e opina sobre suas necessidades. Em seguida, os participantes se reuniram para eleger os delegados que irão representar a comunidade no Setor DVO. Após essa eleição, que resultou na escolha de 14 delegados, será realizado um fórum de delegados, em breve, para escolha dos conselheiros que serão responsáveis por levar as reivindicações da comunidade à Câmara Legislativa.

De acordo com Adauto Almeida, administrador do Gama, por conta do descaso da população com a política, muita gente está deixando de ir às reuniões. Para ele, a comunidade não pode deixar de participar. “É muito importante porque a participação vai ajudar a resolver os problemas da cidade. O governo irá fazer o que a comunidade definir. Além disso, a população se sente valorizada dando sua opinião. O morador agora tem a oportunidade de fazer acontecer”, afirma o administrador.

Qualquer pessoa pode participar do Orçamento Participativo. A cada dez pessoas que se inscreveram em algum tema de interesse da população, como saúde, lazer, segurança, é eleito um delegado para representar a comunidade nos diversos temas. Depois disso, dependendo do número de pessoas inscritas nos temas, são eleitos suplentes. Depois de todos os delegados serem escolhidos, a cada 50 delegados vão eleger um conselheiro, que irá acompanhar as demandas e o orçamento em 2012, representando a comunidade junto à Câmara Legislativa. Outras quatro plenárias já aconteceram, sendo elas no Setor Leste, Setor Oeste, Ponte Alta Norte e Setor Norte. No primeiro momento a população foi esclarecida sobre a metodologia do programa e  elegeu seus delegados.

Próxima reunião do Orçamento Participativo:
PONTE ALTA DE BAIXO, ENGENHO DAS LAJES E ARREDORES
Dia 28 de maio (Sábado), às 14h
Local: CEF Engenho das Lajes (BR-060 KM 30 ROD. BSB/Goiânia).

Fonte: Jornal da Comunidade

Governador lança obras do VLP


 

 

 

O corredor exclusivo atenderá a uma população aproximada de 600 mil pessoas

O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, assinou na última quinta-feira (25/08), as ordens de serviço que darão início às obras do Veículo Leve sobre Pneus (VLP) em Gama e Santa Maria. O VLP é um modelo de transporte coletivo constituídos por veículos articulados ou biarticulados que trafegam em vias específicas. Os novos veículos ligarão Gama, Park Way, além do Entorno Sul, ao Plano Piloto.


As obras serão executadas pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER), estão orçadas em R$ 530 milhões e ficarão prontas até junho de 2013.  A expectativa é de que a construção do VLP gere 6 mil empregos por ano e reduza o tempo de viagem de Gama/Santa Maria ao Plano Piloto de 90 minutos para 40 minutos.  Os usuários  chegarão ao Plano Piloto de forma rápida, em ônibus modernos, confortável e eficiente, com capacidade para até 160 passageiros.

Os ônibus circularão em faixas exclusivas, criadas nos canteiros centrais ao longo de quase 42km de corredor. O novo sistema terá ramais no Gama (8,7km de extensão) e em Santa Maria (5,3km). O trecho se tornará único a partir de um ponto de encontro na BR-040, a 27,8km de dois pontos de desembarque no Plano Piloto (Terminal Asa Sul e Rodoviária do Plano Piloto). O Corredor Eixo Sul, com 2 terminais (Gama e Santa Maria) 15 estações, 15 passarelas. O sistema terá um padrão de controle operacional semelhantes aos projetos metroviários, como é utilizado no Metrô-DF.

Estiveram presentes na solenidade em Santa Maria e Gama o vice-governador, Tadeu Filippelli, os secretários Particular do governador, Bolivar Rocha; de Obras, Oto Silvério; da Casa Militar, coronel Rogério Leão; de Defesa Civil, Paulo Matos; de Ordem Pública e Social, coronel Agrício da Silva, e de Publicidade Institucional, Abimael Nunes; os deputados distritais Patrício, Agaciel Maia, Benedito Domingos, Chico Vigilante, Cristiano Araújo, Luzia de Paula e Olair Francisco; o diretor geral do DER, Fauzi Nacfur Junior; o presidente do Metrô DF, David de Matos; bem como os administradores Regionais do Gama, Adauto Almeida Rodrigues, e de Santa Maria, Márcio Gonçalves Ferreira.

ASCOM DER

Fonte: ASCOM DER

CONFERÊNCIA DISTRITAL DAS CIDADES EXTRAORDINÁRIA


Participação e responsabilidade na construção das cidades

Ajudar o governo a pensar as cidades do Distrito Federal. Este é o objetivo da Conferência Distrital das Cidades Extraordinária. Um diálogo franco e aberto em que os consensos e divergências serão debatidos de forma democrática.

Instituição pública responsável pelas políticas de Desenvolvimento Urbano, Habitação e Regularização do Distrito Federal, a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação — Sedhab chama a sociedade a participar das reuniões da Conferência, onde a população terá a oportunidade de participar de decisões fundamentais para o desenvolvimento urbano e a qualidade de vida na sua cidade. Será o momento de apresentar os problemas do seu cotidiano.

Por isso, a Sedhab vai realizar reuniões preparatórias e conferências locais em todas as cidades do Distrito Federal.

 PRINCIPAIS PONTOS A SEREM DEBATIDOS

  • Lei de Uso e Ocupação do Solo - LUOS

A Lei Complementar de Uso e Ocupação do Solo – LUOS constitui um dos instrumentos urbanísticos mais aguardados para regular as categorias de usos e as formas de ocupação dos lotes, ou seja, como e o quanto pode ser construído dentro de cada lote: altura, afastamento e tamanho da edificação. A LUOS estabelece os parâmetros e diretrizes urbanísticas de uso e ocupação do solo.

  • Definição das poligonais das Regiões Administrativas.
  • Definição das Poligonais dos parques.
  • Codigo de Edificações
  • Difinição da composição e organização dos Conselhos das Unidades de Planejamento Territorial (CUP) e dos Conselhos Locais de Planejamento Territorial e Urbano (CL) para estruturação do Sistema de Planejamento Territorial e Urbano do Distrito Federal (Sisplan).
  • Aprovação e implementação dos diversos instrumentos da política urbana, entre eles o Plano Distrital de Habitação de Interesse Social - Plandhis e diversos fundos e conselhos gestores.
  • Integração da política urbana no terrirório: política fundiária, mobilidade e acessibilidade urbana, habitação, qualidade de vida, entre outros.
  • Relação entre os programas governamentais como PAC e Minha Casa, Minha Vida e a política de Desenvolvimento Urbano.
  • Aplicação do estabelecimento no Estatuto da Cidade no Distrito Federal.

COMO SERÃO REALIZADAS AS CONFERÊNCIAS?

Serão realizadas 33 conferências locais: uma em cada cidade do Distrito Federal, sendo duas em Taguatinga, Ceilândia e Samambaia pelas características socioeconômicas.

Em seguida, serão realizados sete fóruns: um em cada Unidade de Planejamento Territorial (UPT). Sendo concluída com a Conferência Distrital das Cidades Extraordinária.

O QUE A CONFERÊNCIA SE PROPÕE SER:

  • Espaço de diálogos, debate e proposições(deliberações) sobre a política pública de desenvolvimento urbano para o Distrito Federal.
  • Espaço de eleição de representantes que levam adiante as ideias e propostas aprovadas no âmbito dos foruns locais para o encontro final da Conferência.
  • Instância convocada e coordenada pelo poder executivo.
  • Mapeamento dos problemas - consensos e divergências em relação aos problemas das cidades.

O QUE A CONFERÊNCIA NÃO PRETENDE SER:

  • Espaço de deliberações sobre reinvindicações corporativas. O debate deve ser focado em prol do coletivo.
  • Ambiente para denuncismos individuais e práticas de cunho político-ideológico, ainda que essas manifestações sejam legítimas e legais.
  • Instância para aprovação de programas macro, uma vez que existem programas governamentais que cumprem este papel. A ideia é, com base no debate, transformar anseios em propostas claras, estas, sim, aprovadas e priorizadas pelo governo.
  • Espaço anárquico e isento de regras. Haverá um regimento interno com regras, prazos e orientações para a realização dos trabalhos nos fóruns e na Conferência.
  • Espaço para debates acadêmicos apesar de pressupor a importância da participação de especialistas na orientação dos trabalhos. Cabe apenas informar que, ao contrário de um congresso acadêmico, o escopo está mais voltado à formulação de políticas públicas a partir de um diálogo social entre diferentes segmentos - com visões, percepções e demandas diferenciadas acerca dos mesmos temas.

CONFERÊNCIA DISTRITAL DAS CIDADES EXTRAORDINÁRIA

Moção contrária à proposta de anexação à RA 19 Santa Maria, do bairro DVO e do Parque Recreativo do Gama – Prainha e outros.
Nós que abaixo subscrevemos, repudiamos a proposta votada na última Conferência Distrital das Cidades, realizada em Santa Maria, no último dia 26/11/2011, que decidiu pela alteração da poligonal do Gama, transferindo o Parque da Prainha e o Departamento de Viação e Obras (DVO), seguindo pela extensão do córrego Crispim até a DF290, incorporação da porção nordeste de área delimitada pela Vicinal 361 até DF480 e desta até a DF001 nos limites da poligonal anterior da RA XIX, o Residencial Santa Maria e toda a sua extensão. Solicitamos ainda o retorno desta matéria à plenária para revisão, pelas seguintes considerações:

•    O Parque é de livre acesso a todas as comunidades;
•    A gestão do parque é de responsabilidade do Instituto Brasília Ambiental (IBRAM), bem como as políticas de manutenção do mesmo;
•    As comunidades envolvidas na proposta de alteração não foram consultadas de tais mudanças;
•    A área do Gama já foi suprimida em muitos hectares, quando da criação da RA XIX, dentre outras;
•    O histórico de existência do Parque da Prainha e do DVO está todo relacionado ao Gama, inclusive geograficamente.

                                                                                                                              Ivone Braga e Prof. Genivaldo

Gama comemora 51 anos

30/09/2011 - A cidade vai completar 51 anos. E para comemorar, será realizada uma grande festa.



No próximo dia 12 de outubro a cidade do Gama completará 51 anos de fundação. Para comemorar o aniversário de uma das cidades que marcaram a história de Brasília, ao receber milhares de candangos que ajudaram a erguer a capital do país, a Administração Regional do Gama vai promover uma grande festa para os gamenses e para toda a comunidade do Distrito Federal.

Para este ano, o tradicional corte de bolo será diferente. No lugar de um bolo de 51 metros, haverá um bolo de um metro para a solenidade do corte e uma maquete de 50 metros, representativa do bolo, e a distribuição de kits com um pedaço de bolo para evitar o desperdício, tumulto e falta de higiene. A novidade é que neste ano os artistas da cidade vão poder mostrar o trabalho em cada um metro da maquete.

Ainda na programação terá barraca com exposição de fotografias históricas da cidade, barracas com comidas típicas, apresentação de bandas da cidade, artesanato, torneios de futebol, corrida de rua, desfile das escolas públicas e particulares, teatro e ação social com diversas ativiades.

Serviço:
Aniversário do Gama - 51 Anos
Data: 12/10/2011
Local: Estacionamento do Estádio Bezerrão
Hora: 09:00

Fonte: Administração Regional do Gama

Portal Gama Cidadão