Nesta temporada, o Gama recuperou a hegemonia no futebol local, a capital do país foi confirmada sede olímpica e, pela primeira vez, um time local - o Brasília - participou de uma competição internacional

Da Redação do portal Fato Online - 24/12/2015


O Brasília F.C. foi o primeiro time da capital federal a disputar um torneio internacionalLuís Gustavo de Araújo/Divulgação

O ano de 2015 foi diferente para o futebol do Distrito Federal. Apesar do crescimento dos clubes que disputaram novas competições, faltou apoio da Federação Brasiliense de Futebol, reivindicação antiga dos times, o que levou à queda do ex-presidente e a expectativa agora é de que as coisas melhorem.

No entanto, no Campeonato Brasiliense de Futebol de 2015, que começou no dia 25 de janeiro com 11 times, o Gama voltou a brilhar. Além do Alvi-verde, Brasília, Brasiliense, Ceilândia, Luziânia, Sobradinho, Formosa, Paracatu, Cruzeiro, Santa Maria e Ceilandense se enfrentaram durante onze rodadas, classificando Sobradinho, Brasiliense, Formosa, Gama, Luziânia, Ceilândia, Paracatu e Brasília para as quartas de final. Mais jogos de ida e volta na semifinal e Brasília e Gama chegaram a decisão do Candangão. No dia 2 de maio, o Gama levantou a taça do Campeonato 


Brasília na Sul-Americana

Já o Brasília Futebol Clube fez história. A equipe, ao vencer a Copa Verde 2014, garantiu vaga para a Copa Sul-Americana, tornando-se o primeiro time do Distrito Federal a disputar uma competição internacional. Na primeira fase, eliminou o Goiás, time de série A, na casa do adversário. Nas oitavas de final da competição, enfrentou o Atlético Paranaense e, por pouco, não eliminou o Furacão chegando à fase internacional do torneio. O sonho do Brasília chegou ao fim no dia 1 de outubro, mas o clube faturou US$ 375 mil com os quatro jogos.

Atacante, assim, colabora para crianças de Brasília ficarem longe de tentações ruins


Marcos Junior ajudou escolinha comandada pelo seu tio em Brasília (Foto: Arquivo pessoal)

Além de se manter em forma, Marcos Junior aproveitou as férias para fazer uma boa ação. Ajudou o tio a reabrir a Estrelinha do Sul, escolinha onde deu seus primeiros passos no futebol no Gama, Distrito Federal. Dessa forma, colabora também para crianças de comunidades carentes a se manterem longe de tentações ruins.

– Foi na Estrelinha do Sul onde comecei, com oito anos. É a escolinha do meu tio Alexandre e do amigo dele, o Luis Carlos, que foram meus treinadores. Depois de mais ou menos dois anos depois que fui para o Fluminense, eles pararam com a escolinha. Fiquei muito triste, e meu desejo era reabrir e dar chance para as crianças de lá também saírem da rua, porque o local é muito perigoso. Muitos amigos foram para o caminho das drogas. Em 2016 nós vamos voltar com a escolinha, deu tudo certo – disse.

Fonte: Globo Esporte

Após cinco vitórias, o time de futsal do Gama está pela primeira vez na semifinal da Copa Brasília de Futsal, parceria entre o SESC e a Rede Globo. Considerado o maior da modalidade no Distrito Federal, a nona edição do torneio conta com as 31 equipes de futebol de salão, formada pelas administrações do DF.

A semifinal contra o time da Samambaia será na próxima terça-feira (17), no Sesc Ceilândia, às 21h. A entrada é gratuita e o time do Gama conta com o apoio da torcida.

Veja as vitórias do time:

Gama 3 x 1 Park Way;
Gama 9 x 1 Núcleo Bandeirantes;
Gama x Sia (venceu por W.O);
Gama 7 x 2 Lago Sul;
Gama 3 x 1 Sudoeste

 

Fonte: Assessoria de Comunicação Social da Administração Regional do Gama - 16/11/2015