A 4ª edição do Sarau Nacional Banca de Poetas, chamou a atenção do técnico José Lins que se emociona com o Sarau. Lins, que acompanha Valter Lima desde sempre, é responsavél pela parte técnica, sem ele não há programa.

O grande trunfo da 4ª edição do Sarau Nacional Banca de Poetas em parceria com a Rádio Nacional dentro do programa Revista Brasil, com apresentação do radialista Valer Lima, tem sido a descontração que é um perfil do picadeiro da Banca de Poetas agora no Rádio. Essa edição, como das outras vezes, foi feita totalmente dentro da espontaneidade,  ou seja, a capacidade de improvisação dos vários estilos garantiu o formato do programa. Sergio Duboc do grupo Liga tripa trouxe a irreverência que tem levado aos palcos e rodas por onde se apresenta há mais de três décadas. Vicente Sá, que é parceiro de Duboc em varias canções, também deu o ar da graça e recitou poemas de sua autoria. Os dois parceiros que acabam de retornar de viagem a Cuba, para onde foram em caravana com diversos artista que receberam o patrocínio do  FAC, falaram sobre a experiência. Vicente comenta da importância do Fundo de apoio à cultura em eventos como este mas deixa uma ressalva: o cachê só deu para comer uma vez, disse em tom de brincadeira.

De Samambaia vieram as meninas Kimberley e Waleska do grupo Poetas de Sofá foi outra presença certeira.  Convidadas desde a feira do livro que ocorreu em julho no centro de convenções só agora nessa puderam comparecer. É que a agenda das meninas é concorridíssima. Também pudera... com um alcance de um milhão e meio de pessoas semanalmente na sua página no Facebook, não era para menos. Mas de agora em diante está  firmado definitivamente a parceria Banca de Poetas e Poetas de Sofá para o próximo programa e para outras atividades em comum. O cantor, compositor, poeta e violonista Juan Ricthelli, veio do Gama e pôde também apresentar sua arte nessa edição.

Do Recanto veio Cris Reis, poetisa, professora e ativista do setorial do livro e da leitura foi outra que ficou surpresa com o sarau, em formato de Rádio. Cris veio acompanhada do multimídia Marcelo Café que já havia estado no programa em outra edição, dessa vez veio como violonista acompanhando sua amiga. Cris agora já faz parte da equipe de produção.

Da Ceilândia veio Rêgo Junior que é amigo das antigas da Banca de Poeta, é poeta ator e contador de estórias veio ao programa lançar e divulgar seu livro “Rigoto da palavra” que vem fazendo sucesso em suas andanças. José Soter, do plano pliloto, é poeta e ativista cultural com programas radiofônicos divulgando a poesia, veio compartilhar da alegria de estar entre os participantes deste marco da poesia.

A cantora Venezuelana Dameris Castilo chegou bem no finalzinho do programa e sentiu o gostinho de quero mais, sua presença para o próximo programa ficou confirmada. Marcos Linhares, Presidente do sindicato dos escritores, também chegou para uma visita corrida. Ele também confirmou presença no próximo programa que será  no dia  3 de dezembro.

Valter Lima o grande ícone do Rádio Brasiliense era só alegria. Luiz Felipe Vitelli  que é articulador e apresentador do programa juntamente com José Garcia Caianno também não escondiam a satisfação de estarem ali.

A cobertura do Portal de Noticias Gama Cidadão garante  a visibilidade e divulgação do programa  e seus confrades da rede colaborativa que se forma em torno desse Sarau voltado para a Rádio Nacional.

José Soter lança o seu mas novo título, o Agrestina, sobre o olhar atento de Vlter Lima e das meninas do grupo Poetas de Sofá

Damelis Castillo, de cachecol alaranjado, um canto latino no Sarau Nacional. Marcos Linhares brinca com a fé e agradece por estar no programa.

 

Galeria de fotos. Clique aqui! 

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar