Gama Cidadão | O Seu Portal de Notícias e Cidadania

Ter01172017

Last updateSeg, 16 Jan 2017 5pm

Portuguese Arabic English French German Japanese Spanish

Com 51 milhões de votos, Aécio Neves sai das urnas líder da oposição

A conquista de 51 milhões de votos torna o tucano um nome de peso nacionalmente e uma das maiores forças contra o PT

img
Ao agradecer os eleitores, ao lado da mulher, Letícia, o senador diz que deixa a disputa com o sentimento de ter feito o 'bom combate' e cumprido sua missão

Com a maior votação obtida pelo PSDB em corridas presidenciais, Aécio Neves encerrou a disputa ontem com discurso breve, em que prega a união do país depois da disputa mais acirrada da história. O tucano mais competitivo desde que o PT assumiu o Palácio do Planalto, quase 12 anos atrás, sai das urnas com o capital político assegurado por 51 milhões de votos. Antes mais conhecido no Sudeste, ele se consolida como liderança nacional.

“Cumprimentei agora há pouco, por telefone, a presidente reeleita e desejei a ela sucesso na condução de seu próximo governo. E ressaltei que considero que a maior de todas as prioridades deve ser unir o Brasil em torno de um projeto honrado e que dignifique a todos os brasileiros”, disse no discurso, pouco depois da oficialização do resultado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O mineiro sai da campanha fortalecido no partido. Numericamente, a maior votação recebida pelo PSDB em uma corrida presidencial havia sido no segundo turno de 2010, quando José Serra conquistou 43,71 milhões de votos, contra 55,75 milhões de votos da presidente Dilma Rousseff (PT). Este ano, a vitória mais significativa ocorreu em São Paulo, maior colégio eleitoral do país, onde Aécio recebeu quase o dobro de votos de Dilma. Foram 15,2 milhões, contra 8,4 milhões da petista.


Fonte: Correio Braziliense - 27/10/2014 06:07

Portal Gama Cidadão