JIU JITSUO projeto social JIU-JITSU/ MMA PARA CRISTO criado em novembro de 2011, Pelo gerente comercial e Esportista Halyson Lessa, de 33 anos Funciona na quadra poli esportiva entre as quadras 15 e 13 do setor sul a céu aberto e sem equipamentos adequados, pois o projeto não conta com ajuda de fora, a não ser do próprio Halyson e de “alguns amigos que ajudam de vez em quando”.

O projeto atende cerca de 50 alunos freqüentes entre crianças e adolescentes divididos em duas turmas. As aulas são dadas toda terça-feira e sábado à noite de forma inteiramente gratuita. Sendo assim o projeto enfrenta muita dificuldade, pois além da gratuidade ainda é composto por pessoas de muito baixa renda e até de nenhuma renda. Tornando impossível para alguns participantes a aquisição de Kimono (vestimenta fundamental para a pratica do esporte) Halyson comenta que “apesar de o esporte poder ser praticado sem o Kimono, varias crianças desistem do esporte por se sentirem constrangidos diante dos coleguinhas que conseguiram a vestimenta” um outro equipamento de suma importância é o Tatame, o tamanho mínimo oficial para pratica de Jiu-Jitsu é de 64 metros quadrados, o projeto conta apenas com um minúsculo tatame de 4x3 metros quadrados, tornando impossível o aproveitamento do mesmo por todos os participantes.

Déo Silva 19 anos faz parte do projeto há 11 meses e diz que o esporte mudou sua vida e o aproximou de Deus, Déo é hoje o braço direito do professor Halyson, ajuda em tudo na montagem e transporte dos equipamentos e auxilia os mais novos no projeto. Casado e desempregado, ainda acolheu em sua casa Yuri Mateus 14 anos que faz parte do projeto a dois meses. A mãe usuária de crack o abandonou a própria sorte e foi morar na rua. E responde emocionado quando perguntado sobre a importância do projeto. ”Salvou a minha vida, aqui consegui um lugar pra morar e aprendo a não fazer coisas erradas”.

São personagens de histórias impressionantes e que toca profundamente as pessoas que as ouvem.
Como a de Gelson Oliveira 15 anos, que mora no condomínio Eldorado e precisa pedir carona para poder vir para o treino, Gelson usa um kimono, muito velho que divide com outro coleguinha da outra turma perguntado qual é o seu maior sonho responde sem titubear “Ter meu próprio Kimono”.

“O objetivo desse projeto é trabalhar preventivamente para evitar que os jovens se envolvam com drogas, álcool e criminalidade. Dar suporte espiritual, emocional e “psicológico” para as famílias que têm entes queridos envolvidos com a criminalidade, álcool e drogas, trazendo assim, um pouco de conforto e força para superar as dificuldades e dores causadas pelo fato de estarem direta ou indiretamente envolvidos com o crime e a droga”

“Atualmente tenho visto, acompanhado e ouvido falar de várias famílias que foram e estão sendo desoladas pelo vício e criminalidade. Jovens que conhecem o crime e as drogas e não conseguem sozinhos, se livrarem do problema que estão vivendo, consequentemente as famílias são diretamente atingidas e na sua grande maioria, afundam e sofrem junto com os seus parentes, vítimas das drogas e do crime. E com isso tive essa iniciativa de ajudar aqueles que precisam sem esperar nada em troca disso só quero poder mudar a historia de cada aluno que fizer parte deste Projeto” Comenta Halyson

Você pode ajudar a esse importante projeto e salvar vidas.

Um Kimono infantil custa em torno de 200 reais no mercado mas uma loja que conheceu o projeto e esta apoiando vende a preço quase de custo, R$ 80,00

JIU-JITSUUma placa de tatame de 1 metro sai por R$ 80,00


Agencia. 2113-0 Conta. 0035427-9
Banco Bradesco
Titular Antonio Halyson Ribeiro Lessa
Tel. 061-8494-2479
E-mail. Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
http://www.facebook.com/halyson.lessa1

 

Veja as fotos Clique Aqui!

Da Redação

Por Paulo Tavares

contabilistasOs Contabilistas do Gama e de Santa Maria puderam conferir na tarde desta quinta-feira, 02, o Debate sobre Substituição Tributária - ICMS, evento promovido pelo CRC-DF. O encontro aconteceu no auditório da Administração Regional do Gama.

O evento, que recebeu cerca de 30 profissionais, foi conduzido pela equipe de auditores da Secretaria de Fazenda do DF Pedro Pereira de Matos, Otávio Rufino e Patrícia Pierre. Os representantes do CRC-DF Leonardo Soares Costa (Gama) e Mary Luci de Lima Góes (Santa Maria) também acompanharam o debate.





fotoO Presidente do CRC-DF, Adriano Marrocos, agradeceu a adesão dos profissionais e lembrou os demais eventos que o Conselho realizará nas próximas semanas, com destaque para a Jornada FCO – Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste, a Jornada Rural – em parceria com o SENAR/DF (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural) e a Jornada Sped – Contribuições e Contábil. Para conferir a grade completa de cursos do CRC-DF clique aqui.

 Sex, 03 de Maio de 2013


Fonte: Conselho Regional de Contabilidade do Distrito Federal



O Administrador Márcio Palhares esteve presente na Abertura do Seminário de Marketing e Serviços Imobiliários em nossa Cidade. O Seminário visa profissionalizar os corretores de imóveis da Cidade ainda mais na área de Internet.

Veja as fotos Clique Aqui!


Fonte: Facebook da Administração do Gama

Brasília, 05/04/2013 - A OAB/DF e a ESA/DF realizaram a entrega de 304 latas de leite em pó e 215 kg de alimentos não perecíveis, igualmente divididos, a casas que cuidam de crianças com câncer e dependentes químicos, no Gama, nesta sexta-feira (05/04). Estiveram presentes conselheiros, advogados e a presidente da Subseção do Gama, Juliana Navarro.

Juliana destacou a importância do trabalho social desenvolvido pela Seccional. "A Ordem não se restringe em apenas representar o advogado. Ela deve se atentar à sua função social e proporcionar a comunidade este tipo de apoio como doações e campanhas beneficentes".

A Casa Menino Jesus abriga aproximadamente 150 crianças na creche e 20 em tratamento contra o câncer. "Para nós é muito importante saber que existem pessoas que se preocupam com o próximo. Já recebemos uma contribuição da OAB/DF antes e ficamos muito felizes em sermos beneficiados novamente. O leite é muito importante para as crianças”, agradeceu a diretora pedagógica Alda Meneses.

O conselheiro seccional e presidente da Comissão de Apoio ao Advogado Iniciante, Camilo Noleto, ressaltou que o advogado é representante da sociedade civil, e este tipo de serviço faz parte de seu mister. "Importante função social dos advogados como uma forma gratificante de solidariedade".

O segundo lugar a receber a doação foi a Casa de Apoio Santo André, que recebe moradores de rua para as refeições e para o banho diário, além de manter 32 homens internos, a partir dos 30 anos, em tratamento contra as drogas e o álcool. Os internos participam de oficinas de serralheria, marcenaria, horta e ateliê de costura. A casa sobrevive apenas de doações. José Ribamar de Moraes Silva agradeceu os mantimentos. "Nossa sobrevivência depende da boa vontade da sociedade. Essa doação é muito importante para nós e veio em boa hora".

As duas casas estão abertas a doações:
Casa Menino Jesus: www.casameninojesus.org.br ou pelos telefones 3384-1517/3385-6317.
Casa de Apoio Santo André: 3384-4574

Reportagem - Priscila Gonçalves
Foto - Valter Zica
Comunicação Social - Jornalismo
OAB/DF

Fonte: OAB DF ORG

Leia mais na Coluna Social

Brasília, 08/03/2013 - Em um espaço cuidadosamente decorado, as advogadas do Gama e região puderam receber atendimentos como manicure, corte de cabelo e escova, massoterapia, acupuntura, design de sobrancelha e um curso de automaquiagem. O evento foi promovido pela Subseção do Gama e Santa Maria em parceria com a Caixa de Assistência dos Advogados do Distrito Federal (CAA/DF), na quinta-feira (07).

 Para a presidente da subseção, Juliana Navarro, as advogadas que participaram do evento saíram de lá com a autoestima renovada. “Elas se sentiram prestigiadas e acarinhadas pela OAB. A mulher advogada precisa desse tipo de atenção e de carinho”.

 A vice-presidente da CAA/DF, Fabíola Orlando, classificou o evento como excelente: “Organizamos esse evento pensando no cuidado e na saúde das advogadas. A massoterapia e a acupuntura, por exemplo, minimizam o estresse do dia-a-dia. O retorno foi ótimo. Quem foi atendido fez questão de elogiar a qualidade dos serviços prestados”, completou.

 Reportagem – Nádia Mendes
 Foto - Valter Zica
Comunicação Social – Jornalismo
OAB/DF

Fonte: OAB/DF

OAB GAMABrasília, 04/02/2013 – Foi empossada, na última sexta-feira (04/02), a diretoria da Subseção do Gama e Santa Maria. Primeira mulher a presidir a subseção, Juliana Navarro prometeu apoiar a “obra transformadora” a ser implementada pelo presidente da OAB/DF, Ibaneis Rocha e combater veementemente à violação às prerrogativas dos advogados.

“Tenho o compromisso de agir de forma intransigente quanto às nossas prerrogativas, com uma comissão de prerrogativas permanente na subseção que inclusive já está funcionando desde o primeiro dia da nossa gestão”, ressaltou. Além disso, Juliana Navarro também prometeu implementar estacionamentos exclusivos no Fórum da região, melhorar as salas de apoio ao advogado, trazer os cursos da Escola Superior de Advocacia (ESA/DF), acompanhar as obras do Fórum trabalhista e promover encontros para integrar os advogados do eixo-sul.

Também foram empossados o vice-presidente da subseção, Gildásio Pedrosa de Lima; a secretária-geral eleita Kátia Ribeiro Macedo Abílio; o secretário-geral adjunto Paulo Sérgio Santos Pantoja Júnior e o tesoureiro Valdener Miranda das Chagas.

A cerimônia foi conduzida pelo conselheiro seccional e residente da Comissão de Assuntos Tributários e Reforma Tributária da OAB/DF, Jacques Veloso e contou também com a presença da conselheira seccional Jorivalma Muniz, de ex-presidentes da Subseção e outras autoridades.

 Reportagem - Dandara Lima
 Foto - Valter Zica
 Comunicação Social - Jornalismo

Fonte: OAB DF