Agenda Cultural e Convites

As informações para esta seção são publicadas gratuitamente. O material de divulgação deve ser enviado com informações completas do evento (Inclusive data e preço), no mínimo cinco dias úteis antes de sua realização. Enviar email para: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

No próximo sábado, dia 3 de fevereiro, a Administração Regional de Santa Maria promoverá a 6ª Exposição de Artesanato de Santa Maria. A concentração das bancas será na praça central da cidade, das 14h às 18h, com exposição de biscuit, tricô, crochê, bonecas, pano de prato, tapete, produtos recicláveis, entre outros.

Segundo o administrador de Santa Maria, Hugo Gutemberg, a feira de artesanato é uma estratégia para ajudar a movimentar a economia da cidade ao passo que cria uma opção para os produtores de artesanato escoarem sua produção. "Em Santa Maria tem muitos artesãos, são pessoas que produzem peças de ótima qualidade, por isso vamos dar todo o apoio que eles precisarem para alavancar esse setor", disse Hugo. 

 

FESTIVAL DE MÚSICA INFANTIL

C/CCBB Foto:Pública - 18/01/2018 - 07:29:50

Saiba mais sobre o evento

Dirigido a crianças de todas as faixas etárias e suas famílias, o MUSICAR – FESTIVAL DE MÚSICA INFANTIL está estruturado em torno de dois eixos: apresentações musicais e vivências educativas. Entre 06 e 08 de janeiro de 2017, a primeira edição do Festival traz para o CCBB de Brasília três apresentações de grupos brasileiros que se destacam pela qualidade de sua música dirigida ao público infantil, e sete oficinas lúdico-musicais conduzidas por integrantes desses grupos e por educadores convidados.

PROGRAMAÇÃO FESTIVAL MUSICAR 18 a 28 de janeiro de 2018

Teatro I, Teatro II, Sala do Educativo, Gramado, Cinema e Antigo restaurante Entrada franca

Programação A programação começa no dia 18 com o Circo Teatro Udi Grudi (DF), às 11h, e o espetáculo “Udi Grudi em Conserto”. À tarde, em duas sessões, às 16h e às 18h, é a vez da Carroça de Mamulengos (CE) apresentar o espetáculo “Passarinhos”.

Na sexta-feira, 19, a programação de shows do Musicar segue com a apresentação do projeto inédito de Wilson Moreira, às 11h. O sambista carioca apresentará pela primeira vez as canções de “Tá com Medo, Tabaréu”, seu novo álbum, um disco voltado para o público infanto-juvenil com sambas inspirados em sua infância e nas crianças. O CD está em fase de gravação e a previsão é o que lançamento aconteça em março de 2018, com as canções inéditas, além de músicas consagradas ao longo da carreira de Wilson, como, “Meu Baio e Meus Balaios”, “Coisa da Antiga” e “Goiabada Cascão”. À tarde, Isadora Canto (SP) apresenta o show “Vida de Criança” em duas sessões, às 16h e às 18h.

No sábado, 20, o grupo Pé do Cerrado (DF) apresenta o show “Brasileirinhos”, às 11h. Às 16h e às 18h, O Grupo Triii (SP) faz o show de lançamento do CD “Dia e noite”.

No domingo, acontecem os espetáculos “Violinha Caipira – Cerrado, Viola e Raiz”, com Marcelo Linhos (DF), às 11h, e “Vem dançar”, do grupo Pequeno Cidadão (SP), às 16h e às 18h.

Durante a semana, entre terça e quinta-feira, oficinas, sessões de cinema, rodas de conversa e instalações musicais interativas ditam a programação. Os espetáculos musicais, no entanto, são retomados na sexta, para o fim de semana de encerramento do festival.

Na sexta-feira, 26 de janeiro, o grupo Concerto de Bolso (DF) apresenta o espetáculo “Debussy para Crianças”, às 11h. Na parte da tarde, às 15h, Os Buritis (DF) apresentam o show “O Marajá sonhador e outras histórias”. No sábado, o Quartabê (SP) realiza a apresentação musical “Moacir de Todos os Santos – escuta, história, reflexão”, às 11h e às 15h. No domingo, a Fada Magrinha (PE), com participação de Caboclo de Lança da Orquestra Marafreboi (DF), fazem duas apresentações, às 11h e às 15h.

Os shows acontecem no Teatro I do CCBB-Brasília. As entradas para os espetáculos custam R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia-entrada) e devem ser adquiridas na bilheteria do CCBB-Brasília a partir do dia 26 de dezembro. A classificação indicativa é livre para todos os públicos.

Paralelas

Em paralelo à programação de shows, acontecem as oficinas, vivências, contação de histórias, mostra de cinema e rodas de conversa. No dia 18 de janeiro, às 9h, o Circo Teatro Udi Grudi (DF) realiza a Oficina de construção de instrumentos musicais, na Sala do Educativo. Na sexta, 19, às 9h, Angela Nenzy (RJ) comanda o bate-papo sobre a história do Wilson Moreira. No sábado, 20, às 9h, o grupo Pé do Cerrado (DF) realiza a Oficina “Brincadeiras e Cantigas das Antigas”. No domingo, o grupo Pequeno Cidadão (SP) realiza a Oficina “Karaokê Rock’n’roll” em dois horários, às 9h e às 14h.

Na terça-feira, 23, o grupo Gira Contos (PB) realiza a Oficina literária, às 10h. Na sexta, 26, às 14h, o Patubatê (DF) apresenta a oficina “Patucada Patubatê e o cortejo musical”. No sábado, 28, às 14h, é a vez do Marafreboi (DF) realizar uma oficina para a garotada. E, no domingo, a Fada Magrinha (PE) realiza duas oficinas, às 9 h e às 13h.

As oficinas do Musicar – Festival Musical Infantil, que serão realizadas na Sala do Educativo e na área externa do CCBB, têm como objetivo aproximar as crianças dos artistas de forma didática e lúdica. A classificação é livre para todos os públicos, com entrada franca, mas sujeita à disponibilidade de vagas. Os ingressos devem ser retirados na bilheteria do CCBB-Brasília 30 minutos antes de cada oficina.

Vivências – A atividade gratuita para crianças de todas as idades, inclusive bebês, as vivências fazem com que a garotada possa se envolver de forma criativa, experimentando o prazer da liberdade de expressão na música, na dança e no aprendizado criativo. A programação começa no dia 18, com Isadora Canto (SP) e a “Vivência musical para gestantes – Acalanto”, às 16h30 e às 17h. No sábado, 20, o grupo Ilha da Lua (SP) realiza uma vivência musical em quatro horário, às 10h, às 11h, às 15h e às 16h. No domingo, 21, o Gira Contos (PB) apresenta a “Contação de histórias Afro Brasileiras”, às 10h às 15h e às 17h. Ainda no domingo, o Grupo Nzinga de Capoeira Angola (DF) realiza uma Roda de capoeira, às 17h.

Na quinta-feira, 25, às 10h e às 15h, o Grupo Psoas e Pssoinhas (DF) comanda a vivência “Amana – Dança para bebês”. Na sexta, 26, Cristiane Velasco (SP) apresenta “Histórias de Boca”, às 10h e às 15h. No sábado, 27, o projeto Música nas Incubadoras (DF) faz a vivência musical às 9h30 e às 10h30. À tarde, o grupo Brincadeiras Musicais (RJ) realiza a vivência, às 15h e às 16h. No domingo, 28, a vivência fica por conta do grupo Bolerozinho com apresentações às 10h e às 15h.

A participação nas vivências do Musicar – Festival Musical Infantil serão realizadas no Teatro II do CCBB-Brasília, na Sala do Educativo, Gramado, Cinema e Antigo restaurante. A classificação é livre para todos os públicos, com entrada franca, mas sujeita à disponibilidade de vagas. Os ingressos devem ser retirados na bilheteria do CCBB-Brasília 30 minutos antes de cada vivência, exceto a Roda de Capoeira, que acontecerá no Gramado do CCBB-Brasília e é aberta ao público sem a necessidade de retirada de ingressos.

Cinema e Conversa – Nos dias 24 e 25 de janeiro, às 10h, acontecem as sessões de cinema do Musicar – Festival Musical Infantil, no Cinema do CCBB-Brasília, seguidos de debate sobre o filme. Às 15h, acontecem as rodas de conversa comandadas pelo Instituto Alana. Na quarta-feira, 24, no Teatro II, o tema será “Prioridade absoluta”. Na quinta, 25, a conversa será sobre “Criança e natureza”, na Sala Museu do CCBB-Brasília. A entrada é franca e livre para todos os públicos.

Aberto ao público – Ao longo de todo o período de realização do festival, de terça a domingo, das 9h às 18h, ficarão abertos ao público o Espaço de acolhimento para bebês, Espaço para leitura, Espaço de desenho e a Instalação Sonora (painéis sonoros interativos). A participação nessas atividades é livre para todos os públicos com entrada franca.

Site: www.musicar.art.br

Facebook: @musicarfestival

Instagram: @musicarfestival