Agenda Cultural

As informações para esta seção são publicadas gratuitamente. O material de divulgação deve ser enviado com informações completas do evento (Inclusive data e preço), no mínimo cinco dias úteis antes de sua realização. Enviar email para: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Na estreia do festival, amanhã, no Teatro Sesc Garagem (913 Sul), tem apresentação dos jovens do movimento #Passinho, formado por bailarinos de diferentes comunidades do Rio de Janeiro

POR JORNAL DE BRASÍLIA FOTO: FERNANDA VALLOIS/DIVULGAÇÃO - 13/09/2016 - 07:54:47

 

A 5ª edição do Festival Satélite 061 chega à Torre de TV esta semana. Com atrações como Elza Soares e Gal Costa, o evento, que teve sua última edição prestigiada por cerca de 45 mil pessoas, traz o tema “Diversidade e Empoderamento”, e promete transformar sua carga política, social e comportamental em diversão e leveza. A programação do festival começa amanhã com as atrações do Palco Radar, que tem como linguagem dominante a dança.

Por meio de montagens e produções cênicas, o Palco Radar busca abrir espaço para artistas que privilegiam a arte autoral e para espetáculos que ainda possuem pouca visibilidade. A ideia é apresentar a dança contemporânea e suas fusões com a música, teatro e arte urbana.

O coreógrafo e curador do Palco Radar, Edson Beserra, buscou fazer um pequeno panorama da produção artística do País. “Trouxemos trabalhos da região Norte, Centro-Oeste e Sudeste, de companhias que, mesmo em situação de risco e precariedade, não deixam de produzir arte”, afirma, voltando-se para a diversidade proposta pelo tema do evento.

Além das produções nacionais, o Palco Radar também recebe o alemão Tobias Draeger, com uma performance de coreografia e concepção próprias.

“Empoderamento”

Na estreia do festival, amanhã, no Teatro Sesc Garagem (913 Sul), tem apresentação dos jovens do movimento #Passinho, formado por bailarinos de diferentes comunidades do Rio de Janeiro. De acordo com Edson, eles trazem o tema do “Empoderamento” à tona. “Esses jovens bailarinos se valem da própria condição social para criar um produto artístico, nada pode ser mais empoderador do que isso”, destaca.

Um trabalho local encerra a programação do Palco Radar: o bailarino Marcus Buiati apresenta sua terceira obra coreográfica, chamada Velejando Desertos Remotos, no próximo domingo, às 20h no Teatro Sesc Garagem, onde também acontecem palestras, oficinas e workshops para promover a troca de experiências entre artistas de diferentes regiões.

A festa musical está programada para os dias 24 e 25 de setembro e a escolha de Elza Soares e Gal Costa tem um motivo. Com A Mulher do Fim do Mundo e a Estratosférica, respectivamente, a dupla representa as grandes mulheres brasileiras, aquelas que romperam barreiras e se consolidaram como referência máxima da cultura brasileira no Brasil e no exterior.

Baiana System, Guizado, As Bahias e a Cozinha Mineira, Autoramas e muita discotecagem também estão na programação.

Serviço:

Satélite 061 – Palco Radar

De amanhã a 25 de setembro. Horário e locais variados. Informações pela página facebook.com/Satelite061. Todos os espetáculos têm entrada franca. As senhas serão distribuídas a partir de uma hora antes do início de cada sessão. A classificação indicativa varia de acordo com o espetáculo.

Musical em homenagem ao cantor Michael Jackson

Hoje 11 de setembro as 20h
Local: Teatro SESC Paulo Gracindo - C.A SESC Gama
Classificação indicativa: Livre
Ingresso: 01 kg de alimento

Retirada de ingressos a partir das 19h nos dias 10 e 11 de setembro

Nesta sexta-feira dia (26), no Espaço cultural Galpãozinho (Setor central ao lado da rodoviária do Gama). Livre para todas as idades. Entrada franca

Três bandas e discotecagem à moda antiga animará o projeto Sexta Vinil

O projeto Sexta Vinil, deste mês irá homenagear o melhor do rock dos anos 70´s e 80´s, além de manter o sucesso da feira de trocas e exposição de vinil. Serão três bandas de rock e a discotecagem a moda antiga, 26 de agosto, a partir das 20h, no Galpãozinho do Gama, ingressos a preços populares 10 reais a inteira e 5 a meia. O projeto tem como patrocínio Fundo de Apoio à Cultura (FAC). 

Horário: 20h

 

Mais informações no Facebook: Clique aqui! 

Cordel das Lendas do Amor

Duas sessões no próximo domingo marcam a estreia da peça "Cordel das Lendas do Amor". O espetáculo, que pode ser visto por público de todas as idades, conta os desencontros amorosos entre o lobisomem solitário Hernesto da Silva Braz e Senhorita Bruxa Mazuka Aratuxa, uma mulher que é súper conectada às redes sociais.

O espetáculo é uma grande brincadeira onde a magia e a realidade são mostradas em uma só dimensão ao som do repente e da rima de cordel. A montagem é do grupo Fale Arte, de Brasília, e tem como proposta a mistura do teatro de bonecos e atores. Esta é a primeira montagem do grupo.

No final, o amor impera, e tanta brincadeira e confusão terminam em casamento da bruxa com o lobisomem numa grande cerimônia celebrada pelo vampiro com participação da plateia", afirma Alice de Sousa, autora da peça e atriz.

Domingo (28),às 16h e 18h. Espaço cultural Galpãozinho (Setor central ao lado da rodoviária do Gama). Livre para todas as idades. Entrada franca.

Cordel das Lendas do Amor

O Espaço Cultural Bagagem receberá "A Baba da Pintada" na 1ª Mostra Cênica Funarte em Espaços Alternativos, A peça é uma adaptação do texto "A História da Tigresa" de Dario Fo, é um espetáculo de rua, solo de Wellington Abreu, direção de Ana Flávia. O projeto irá percorrer 17 espaços independentes do DF.
Será a primeira experiência de descentralização de ações artísticas com o auxílio do terceiro setor focada nos espaços cênicos alternativos, com várias ações que vem para dar visibilidade aos artista e aos espaços.
Dias 19,20,21/08 e 26,27,28/08 sempre às 20hs.

Entrada franca.

Informações 35566606.

Espaço Cultural Bagagem receberá